Fontes Textuais
Listamos nessa área as fontes organizadas por autores. Clique no nome do autor para ter acesso a detalhes sobre suas obras e em [+] para ter informações biográficas sobre o autor. Essa área está em construção. Faltam ainda muitas informações que serão inseridas progressivamente. Se encontrou algum erro, mande a informação através da área Contato.

ACHILLES TATIUS - Século II [+]

Origem e nascimento: Século II em Alexandria

Biografia: Achilles Tatius era proveniente de Alexandria no Egito, e provavelmente floreceu no século II depois de Cristo. O pouco que sabemos de sua vida é que teria se tornado cristão e bispo, e escreveu algumas obras de caráter epistemológico. Mas de suas obras a que ganha destaque por ter chegado até nós é "Leucippe and Clitophon", um romance que mostra a história de uma casal que tiveram que sobrepujar várias dificuldades para terminarem unidos.

AELIUS PUBLIUS ARISTIDES - 117 d.C. a 181 d.C. [+]

Origem e nascimento: 117 em Mysia

Biografia: Sofista e homem letrado foi aluno de Alexandre de Cotiaeum e estudou em Atenas e Pergamum. São muitas faces de produção literaria que  fizeram dele um gigante de sua época, foi uma figura central na tranmissão do Helenismo. Tem-se declamações sobre temas históricos, polemicas redações, prosa hinos de varios deuses e seis livros do Discurso Sagrado. Dois tratados retoricos foram transmitidos sobre seu nome.

ALCIPHRON - Século II [+]

Origem e nascimento: Século II 

Biografia: Pouco se sabe sobre a origem e datação a respeito da vida de Alciphron. Sabe-se que sua obra floreceu durante o século II. "As Cartas de Alciphron" constituem uma série composições com a temática erótica. Alciphron pretendia montar a vida cotiana da Athenas do século IV a.C. e, sua obra possui quatro divisões: Cartas de pescadores, Cartas de Fazendeiros, Cartas de Parasitas, e Cartas Cortesãs.

AMMIANUS MARCELLINUS - 330 a 395 [+]
Origem e nascimento:330, em Antioquia

Biografia: Nasceu em Antioquia, capital da província romana da Síria.
Foi um autor pagão. Integrou-se no corpo da elite por suas ligações com o serviço imperial em Antioquia.
Aprendeu cedo a língua latina, que possibilitou uma ótima formação na educação literária.
Durante o tempo em que serviu ao exército esteve no norte da Itália, na Gália, na Germânia,na Iliria e na Mesopotâmia; também participou da derrotada campanha de Juliano contra os persas. Logo após essa campanha encerrou sua carreira militar,
retornando para a Antioquia.
Muda-se para Roma aproximadamente em 380 para completar sua obra.

Falecimento: em Roma por volta do ano 395.
ANICIUS MANLIUS SEVERINUS BOETHIUS - 480 a 524 [+]
Origem e nascimento: 480 em Roma
Biografia: O estadista e filósofo Boethius viveu após a queda do último imperador do Ocidente. Acusado de traição pelo Imperador Theoderic, o Ostrogodo, foi levado preso para Ticinum (Pávia), onde compôs sua mais importante obra De consolatione philosophiae. Esta obra seria a última a apresentar o latim literário, muito parecido com o dos tempos antigos, onde existe um entrosamento entre diálogo e poemas.
Faleciemnto: 524 em Ticinum (Pávia)
APIANO - 95 d.C. a 165 d.C. [+]

Origem e nascimento: 95 d.C.

Biografia: Em grego appianós.
Originário de Alexandria foi contemporâneo dos reinados de Trajano,
Adriano e Antonino Pio. Presenciou a revolta judaica em 116 contra Roma
sob o imperador Trajano.
Tornou-se cidadão romano e pertenceu à classe eqüestre.
Em Roma, fez carreira jurídica como procurador.
Apiano escreveu "A História Romana",que relata as origens de Roma,
suas conquistas,a guerra civil e o inicio do principado de Trajano.

APOLLODORUS - Século I ou II [+]

Origem e nascimento: Século I ou II

Biografia: Sobre a datação da obra de "The Library" gira uma discussão que vem a influenciar na possível autoria da obra por parte de Apollodorus, que teria vivido entre os séculos II e III d.C., mas alguns especialistas registram a autoria a um autor do século I. "The Library" trata-se de um obra com a temática na mitologia e nos heróis da Grécia. 

APULEIUS - 123 ou 125 a 180 [+]
Origem e nascimento: 123/125? em Madaurus, na Ásia
Biografia: Apuleius é o representante mais típico, no mundo latino, do tipo de sofista que domina o mundo da cultura grega. Seu casamento com um rica viúva casou grande escândalo na época, e por consequência disso foi acusado de ter conquistado-a por obra de magia. A defesa montada por ele construiu sua fama de grande poeta, filósofo, retórico e sacerdote. Sua obra Metarmorfoses (O Asno de Ouro) é um romance que combina realismo e magia. É dividida em 11 livros, sendo que os 10 primeiros livros seguem um modelo, possivelmente de Lucius de Patras. Já o último é de puro estilismo de Apuleius, um talentoso arranjo estilístico. Alguns traços como arcaísmo, vulgarismo, giros rebuscados de frase de mais pura retórica, ligações sintáticas e de valores semânticos de vocábulos singulares que indicam coisas ou abstrações, uso desenfreado de cadência poética e de neologismos raros são possíveis de observar em sua obra.
Falecimento: 180
ATHENAEUS - Final da século II a início do século III [+]

Origem e nascimento: Final do século II

Biografia: Pouco se sabe sobre a origem de Athenaeus, mas sua obra teria sido composta nos finais do século II. Sua obra "The Learned Banqueters" trata-se de uma série de relatos de banquetes em que constantemente é citada a literatura grega, além de fornecer uma extensa gama de informações sobre diferentes culinárias, músicas e entretenimento que ocorria durante os banquetes.

AULUS CORNELUS CELSUS - Século I [+]
Viveu no reinado de Tibério(14-37d.C) e escreveu uma enciclopédia de artes, incluíndo livros sobre agricultura,ciência militar,retórica e talvez sobre filosofia e jurisprudência. Somente  o livro intitulado: De Medicina. Os oito livros tratam sobre a origem da medicina,formas de tratamento, dietas, teoria médica, patologia e terapeuticas, tratamentos especiais, farmacologia, cirurgias e anatomia humana.
AULUS GELLIUS - 123 a 170 [+]
Origem e nascimento: 123
Biografia: era um juiz de casos privados. Sua grande obra é Noctes Atticae, assim chamada por ter sido produzida durante serões de inverno na Ática, que consta vinte livros. A real importância da obra de Aulus Gellius é o fato da residência de notas sobre filosofia, história, biografias, pontos jurídicos, referências gramaticais, além de citar um grande número autores, cuja obra se perdeu.
Falecimento: 170
AULUS PERSIUS FLACCUS - 34 d.C. a 62 d.C. [+]
Origem e nascimento: 34 d.C. em Volterra
Biografia: Foi mais um poeta que pereceu no período neroniano. Aos doze anos transferiu-se para Roma onde aprofundou os estudos de retórica, e conheceu seu grande mestre Cornuto. Famoso por suas Sátiras, que se tornaram um produto de sua escola, da influência dos amigos e parentes, somada a um tom violentamente crítico contra os luxos e prazeres dos ambientes tradicionalistas os quais freqüentava. Assim se transformava em mais um a contribuir com a luta anti-neroniana.
Falecimento: 62 d.C. em Roma
AURELIUS AUGUSTINUS - 354 a 430 [+]
Origem e nascimento: 354 em Tagaste, no Norte da África
Biografia:  S. Augustinus durante o tempo que estudava retórica entre em um processo de dúvidas filosóficas e psicológicas a procura de uma verdade. Em 383 foi para Roma, e em seguida para Milão como professor de gramática, entrou em contato com a filosofia dos neo-platonistas. Em 386 acabou se convertendo ao Cristianismo e anos mais tarde veio a se tornar Bispo de Hippo. De 413 até 426 S. Augustinus escreve sua obra-prima, De civitate Dei, traça um paralelo entre a civitas terrena, representada pelo Império Romano marcado pelos cultos idolátricos e vicissitudes representando a expressão máxima do poder temporal, destinada à perdição. Em oposição temos a civitas caelestis que seria o Paraíso, que estaria destinada ao triunfo sobre as ruínas do reino dos vícios.
Falecimento: 430 em Hippo
AURELIUS CLEMENS PRUDENTIUS - 348 d.C. a 405 d.C. [+]
Origem e nascimento: 348 d.C. em Caesaraugusta (Saragossa)
Biografia: filho de pais cristãos, Prudentius estudou retórica e literatura. Conseguiu algumas honras do Imperador Theodosius I. Apesar de cristão, era um profundo admirador das obras pagãs, e que por isso tenha se tornado um grande poeta da era cristã. Suas obras poéticas retomam os versos virgilianos, numa obra de conteúdo polêmico e doutrinal.
Falecimento: 405 d.C. em Caesaraugusta (Saragossa).
BASIL - 330 d.C. a 379 d.C. [+]

Origem e nascimento: 330 em Cesaréia

Biografia: Basil, o Grande nasceu em Cesaréia, na Capadócia, no ano 330 em uma família voltada a devoção cristã. Estudou durante muitos anos em Constatinopla e Athenas. Pouco tempo depois recebeu uma cátedra em Cesaréia para lecionar retórica e neste mesmo período foi batizado. A partir desse momemto começou uma perigrinação pela parte oriental do Império afim de aumentar seus conhecimentos. Basil tem como grande obra a série de "Cartas" que se referem a uma temática cristã. Basil morreu no ano 379, provavelmente no monastério fundado por ele no Pontus.

BEDA - 672 a 735 [+]
Origem e nascimento: 672 ou 673 no território do único monastério de Wearmounth e Jarrow
Biografia: Foi teólogo e historiador inglês nascido território do único monastério de Wearmounth e Jarrow. Nesse monastério em que viveu a vida toda se dedicou à devoção, estudo, ensino, discussão e escritura. Sua principal obra é a História Eclesiástica da Nação Inglesa, um trabalho elegante e que faz uso de boas fontes. Outra obra histórica é a Vida dos abades que viveram no monastério em que ele viveu.
 
CLAUDIUS AELIANUS - 170 d.C. a 230 d.C. [+]

Origem e nascimento: 170 em Praeneste

Biografia: Claudius Aelianus era um romano nascido em Praeneste no ano de 170. Sob o patronato da Imperatriz Júlia Domna se tornou um sério e dedicado estudante de história, além de ensinar e praticar retórica. De suas obras a mais famosa é "Animalia", um apanhado de fatos e convicções sobre os hábitos dos animais. Talvez o objetivo de Aelian com essa obra fosse contrapor o comportamento dos animais com o do homem que se tornara cada vez mais egoísta e irrefletido. Aelian morreu no ano 230 na Itália.

CLAUDIUS CLAUDIANIUS - 370 a 404 [+]
Origem e nascimento: 370 em Alexandria
Biografia: Foi o último poeta de escrita latina do século IV. Em 395, foi para a Itália, onde apesar de ser pagão tornou-se protegido dos Imperadores Honorius (Império Romano do Ocidente) e Arcadius (Império Romano do Oriente). Seu latim é puro já que ele não aprendeu a língua no convívio familiar ou comunitário, mas sim dos estudos dos clássicos. As mais ilustres obras de Claudianus são produzidas durante seu período no ambiente cortesão. Seus poemas de cunho político exaltam o culto pela grandeza de Roma e a gratidão para com seus protetores.
Falecimento: 404, provavelmente em Roma
COLLUTHUS - século V d.C. [+]

Origem e nascimento: Licopolis no Egito.

Biografia: Poeta épico

DECIMUS IUNIUS IUVENALIS - por volta do ano 55 d.C. a século II d.C. [+]
Origem e nascimento: 50 ou 60 d.C.
Biografia: se destaca pelos seus poemas-satíricos. Seus poemas abordaram temas como nos vícios incomuns da sociedade romana, a tolice existente nas orações, o abuso de poder dos imperadores, a loucura e a depravação das esposas romanas, decadência, o materialismo, e a corrupção que havia atingido todos os setores do Império. Todas suas sátiras são compostas com uma indignação íntegra usando um vocabulário inspirado nos rétores, é comedido e cuidadoso na linguagem.
DECIMUS MAGNUS AUSONIUS - 310 a 395 [+]
Origem e nascimento: 310 em Burdigala (Gália)
Biografia: Teve uma boa educação em gramática e retórica e em, 334 lecionava retórica em uma escola. Anos mais tarde veio a ser chamado por Valentianus para ser o tutor de Gratianus. Quando este veio a se tornar imperador tornou Ausonius cônsul em 379. Sua obra é composta por poesias, com a intenção didática e de diversão, poemas sobre cidades famosas, memorial a imperadores romanos, poemas referente a heróis da Guerra de Tróia, além de dar graças a Gratianus pelo consulado.
Falecimento: 395 em Burdigala
DEMETRIUS - século I d.C. [+]

Origem e nascimento: século I d.C., em Tarsus

Biografia: Poeta de origem grega, era um amigo de Plutarco. Dão-lhe a autoria da obra "Sobre os estilos", que trata-se de um comentário interessantes sobre os estilos literários de sua época.

DIO CASSIUS - 150 d.C. a 235 d.C. [+]

Origem e nascimento: 150 d.C. em Nicaea

Biografia: Dio Cassius , nasceu em Nicaea em Bithynia na Asia Menor. Quando seu pai(Governador Romano da Cilicia) morreu ele se mudou para Roma. Dio obteve cargos de alto status, foi um amigo intimo de vários imperadores. Se tornou governador de Pergamum e Smyrna; consul em 220; proconsul da África; governador da Dalmatia e depois da Pannonia;e consul novamente em 229.
     Dos oitenta livros da maior obra de Dio "História de Roma", que compreendem da era da legendária terra de Aeneas na Itália até o reinado de Alexandre Severus(222-235 d.C.), ainda existem os livros 36 ao 60, que correspondem aos anos de 68 a.C. ao ano 47 d.C. As instalações dispostas para pesquisa a Dio pelos seus deveres como funcionário, fazem de suas obras fontes muito valiosas para história romana dos últimos anos da república e do periódo dos primeiros quatro imperadores.

DIO CHRYSOSTOM - 40 d.C. a 120 d.C. [+]

Origem e nascimento: Prusa na Bithynia, ano 40 d.C.

Biografia: Dio Chrysostom (40d.C. a 120d.C.) nasceu em Prusa na Bithynia,Asia Menor, herdou junto com seus irmãos grandes propriedades e dívidas de seu pai Pasicrates.Ele se tornou um habilidos retórico hostil aos filosóofos. No curso de suas viagens ele foi para Roma no reinado de Vespasiano(69-79 d.C.) onde se converteu ao Estoicismo. Por ser um forte crítico do imperador Domiciano (81-96) foi banido mais ou menos no ano 82 da itália e da Bithynia e vagou em pobreza, especialmente nas terras ao norte de Aegean. Em 97 ele falou publicamente para os gregos reunidos na olimpia, foi dado as boas-vindas a ele em roma pelo imperador nerva(96-98 d.C.), e retornou a prusa. Retornando novamente em Roma em uma assembléia de agradecimento por volta de 98 ou 99 d.C. ele se tornou uma grande amigo do imperador Trajano. Envolvido em um processo sobre planos para embelezar a Prusa sob suas prórias despesas,ele levou seu caso até o governador da Bithynia Plínio o Jovem, 111d.C.-112d.C.O resto da sua vida é desconhecido.

    Quase todos os discursos de Dio, tratam de assuntos politicos( o mais importante de todos trata de negócios na Bithynia e fornece detalhes valiosos sobre as condições da Asia Menor) ou questões morais(a maioria escritos no fim de sua vida;eles contém muito de sua melhor forma de escrita).Muitos de seus trabalhos filosóficos e históricos estão perdidos.O que sobrevive como um todo da realização dele o faz proeminente no revivificação de literatura grega no final do primeiro século e no início do segundo.

DIOGENES LAERTIUS - Século III [+]

Origem e nascimento: Desconhecidos

Biografia: Diogenes Laertius viveu provavelmente em meados do terceiro século de nossa era, seus ancestrais e seu local de nascimento são desconhecidos. Sua história, em dez livros, é dividida em duas "sucessões" ou seções: "Jônica" de Anaximandro a Theophrastus e Chrysippus, incluindo as escolas Socráticas;"Italiana" de Pitágoras a Epicuru e também os eleáticos e céticos.É uma valiosa coleção de citações e fatos.

EPICTETUS - 55 d.C. a 135 d.C. [+]

Origem e nascimento: Phrygia ano 55 d.C.

Biografia: Epictetus foi um escravo grego aleijado de Phrygia durante o reino de Nero(54-68) que ouviu conferências do Estóico Musonius antes que ele fosse libertado. Em 89 ou 92 foi expulso com outros filósofos pelo imperador Domiciano. Ele se instalou permanentemente em Nicópolis na província de Epirus. Lá, em uma escola que ele chamava de "lugar de cura para almas doentes", ele ensinava uma filosofia prática, os detalhes desta foram registrados por um de seus alunos chamado Arrian. Essa filosofia sobreviveu em quatro livros de Discursos e um pequeno Encheiridion,
um livro de mão que traz brevemente as doutrinas principais dos Discursos. Foi professor da ética estóica também nos apresenta como deveria ser o perfeito homem estóico.

ESTRABÃO - 64 a.C a 25 d.C. [+]
Vindo de família ilustre da região do Ponto (parte autóctone, parte grega), Estrabão nasceu em Amásia por volta do ano 63 a.C. e morreu, calcula-se, por volta de 23 d.C., aos 85 anos. Historiador e Geógrafo, este autor é de extrema importância, pois sua obra a Geografia chegou até nós praticamente completa. Além dela escreveu também uma obra intitulada “Comentários históricos”, da qual, infelizmente, possuímos apenas fragmentos. Todos os dados biográficos que possuímos sobre ele provêm da Geografia. Viajou por diversas partes do mundo, provavelmente em função de sua descendência aristocrática. Esteve em Roma quatro vezes, e viajou ainda para lugares como Egito, Frigia, Nicéia e Síria. Suas visitas restringiram-se mais ao sul e ao leste, não visitando o ocidente além da Sardenha. Suas obras são relatos, descrições e reflexões preciosas sobre a “oikoumene”, contendo aspectos físicos, econômicos, humanos, “científicos”, dentre outros. Há um intenso debate acadêmico quanto aos “objetos” e “objetivos” de sua obra. Entretanto, em um ponto, todos concordam: sua extrema originalidade e relevância para qualquer estudo sobre Antiguidade.
Bruno dos Santos Silva
EUNAPIUS - 347 d.C. a ? [+]

Origem e nascimento: Sardis, ano  347 d.C.

Biografia: O grego sofista e historiador Eunapius nasceu em Sardis no ano 347 da nossa era,mas se mudou para Atenas para estudar e viveu a maior parte da sua vida no mesmo local ensinando retórica e possivelmente medicina. Ele foi iniciado nos mistérios e era hostil aos cristãos.Sua obra "As vidas dos Filosofos e dos Sofistas" (principalmente os comtemporâneos a ele) é a única fonte de conhecimento sobre o neo-platonismo da parte final do século IV da nossa era.


EUSEBIUS - 260 d.C. a 340 d.C. [+]

Origem e nascimento: Palestina, ano 260 d.C.

Biografia: Eusebius de Cesarea(260-340 d.C.), nasceu na Palestina, foi um estudante do presbitero Pamphilus ao qual ele apoiou lealmente durante a perseguição de Diocleciano. Se tornou Bispo da Cesaréia aproximadamente no ano 314. No Concelho de Nicéia em 325 ,liderou o partido moderado e elaborou o primeiro esboço da famosa oração do credo.
    Das várias publicações conhecidas de Eusebius nós temos "Os martires da palestina" e "A vida de Constantino";vários trabalhos apologéticos e polêmicos; partes de seus comentários sobre os Salmos e Isaias; e a Chronografia, conhecida principalmente em armênio e sirio extraídos da versão original em grego. Mas a obra que traz mais fama a Eusebius é a "História da igreja cristã" publicada em dez livros nos anos 324 e 325, o relato mais importante da história eclesiástica do mundo antigo, um grande tesouro de conhecimento sobre a nascente igreja.

EUSEBIUS HIERONYMUS - 345 a 420 [+]
Origem e nascimento: 345 na Dalmácia
Biografia: Era filho de pais cristãos estudou em Roma, retórica e filosofia, e no ano 360 foi batizado. A partir desse momento iniciou uma série de viagens pela Gália e Ásia Menor onde aprendeu o hebraico. Em 382 o Papa Damasus convocou S. Hieronymus para um dos atos mais importantes para a expansão do cristianismo no Império, a tradução da bíblia para o latim, conhecida como Vulgata. Outro importante registro que são S. Hieronymus nos deixou é a série de cartas nas quais descreve vários aspectos da sociedade romana nos séculos IV e V. Personalidades, moralidades e o papel das mulheres são alguns dos pontos possíveis de serem observados em suas cartas.
Falecimento: Bethlehem em 420
FLAVIUS CLAUDIUS IULIANUS - 331 ou 332 d.C. a 363 d.C. [+]

Origem e nascimento: Constantinopla, 331 d.C.

Biografia: Iulianus "o Apóstata" Imperador Romano, viveu entre os anos 331 ou 332 até o ano 362 da nossa era. Nasceu em Constantinopla e no mesmo local foi educado como cristão. Após uma infância precaria ele se dedicou a literatura e a filosofia e se tornou pagão. No ano de 355 seu primo, o imperador Contâncio, o chamou de Atenas até a corte de Milão, entitulando-o "César", e o fazendo governador da Gália. Julian restaurou a prosperidade na Gália e esteve a frente de um bom governo, mesmo tendo em mãos uma região que havia sido devastada pelos Alamanos (ele os venceu em 357 na batalha de Strassburgo) e por outros povos germânicos. Entre 357 e 361 os soldados de Julian se recusaram a servir o imperador Constâncio em uma campanha no leste, e logo os dois comandantes se envolveram em um conflito - Constâncio morreu em 361 e Julian se tornou imperador de Roma. Ele iniciou várias reformas e proclamou tolerância universal das religiões mas foi pressionado pela restauração dos antigos cultos pagãos. Nos anos 362 e 363 ele preparou, em Constantinopla e em Antioquia, expedições contra os Persas. Ele morreu ao ser ferido mortalmente em uma batalha.

   Os trabalhos de Julian que sobreviveram foram encontrados na Grécia (os perdidos são os "Comentários" que relatam suas campanhas pelo oeste) e falam de vários assuntos, desde a concepção do Cristianismo e sua relação com o antigo testamento até temas de interesse para estudos neo-platônicos.

GAIUS IULIUS CAESAR - 100 a.C. a 44 a.C. [+]
Origem e nascimento: 100 a.C.
Biografia: Vindo de uma família de patrícios com grande importância, como descendentes de Vênus e Enéias. No entanto o sucesso político de sua família foi muito tardio. Grande em habilidades militares César exerceu diversas magistraturas, sendo ditador por 3 vezes. Também mfui um dos integrantes do Primeiro Triunvirato juntamente com Pompeu e Crasso. De seus feitos militares o de maior notoriedade é a conquista das Gálias, campanha que teve duração de 8 anos. Foi morto em um conspiração de senadores em 44 a.C. quando se dirigia ao Senado para uma audiência que possivelmente se entitularia rei.
Falecimento: 44 a.C. em Roma.
GAIUS IULIUS PHAEDRUS - 15 d.C. ao período próximo a 50 d.C. [+]
Origem e nascimento: século 15 a.C. na Trácia
Biografia: A obra de Phaedrus inicia no principado de Augustus (31 a.C - 14 d.C.) e provavelmente se encerra no de Claudius (41 - 54 d.C.). O anseio de repara as injustiças que sofreu e alcançar a fama foram os motivos pelo qual levaram Phaedrus a escrever fábulas, e nelas é possível observar um poeta de estilo alexandrino.
GAIUS PETRONIUS ARBITER - 27 d.C. - 66 d.C. [+]
Autor de extensa obra conhecida como Satýricon. O autor foi forçado a cometer o suicidio em 66 d.C.O Satyricon foi escrito por volta do ano 60 d.C. Trata-se de uma sátira menipéia que mistura assuntos do cotidiano romano e assuntos filosóficos. A história trata da aventura de Encolpius e de seus companheiros Ascyltus e Gilton que por sua jornada deparam com um banquete de um rico liberto, Trimalchio(Fonte Oxford dictionary p1149-1150).
GAIUS PLINIUS CAECILIUS SECUNDUS - 63 d.C. a 113 d.C. [+]
Nascido em 61 d.C e faleceu em 112 d.C. Filho de um grande proprietário de terras e foi adotado pelo seu tio, Plínio O velho. Publicou cerca de nove livros de cartas literárias entre 99d.C.-104d.C. Plínio foi ativo em outros campos da literatura. Ele escreveu versos entusiasticamente  publicado em dois volumes. O livro X contém a correspondência de Plínio O jovem com Trajano. As primeiras cartorze cartas datam de 98 d.C-110 d.C. restantes tratam das ações do governo de Plínio na Bitínia.
GAIUS PLINIUS SECUNDUS - 23 d.C. a 79 d.C. [+]
Nascimento: 24d.C- Falecimento 79 d.C. Proeminente equestre romano da Gália Cisalpina. Tio de Plínio O jovem. Autor da famosa obra História Natural, uma enciclopédia com todo o conhecimento contemporâneo, animal, vegetal e mineral, conhecido também pelo conhecimento humano. (Fonte The oxford classical dictionary p1197).
GAIUS SOLLIUS MODESTUS APOLLINARIS SIDONIUS - 430 a finais do século V [+]
Origem e nascimento: 430 em Lugdunum
Biografia: durante a primeira parte de sua vida Sidonius dedicou-se em ser um poeta pagão, no espírito e na forma de escrever. Durante esse tempo freqüentou a corte palaciana, chegando a se tornar genro do imperador Avitus. Escreveu vários panegíricos em louvor aos imperadores do século V. Em 469 se tornou Bispo de Auvergne. Foi um ferrenho resistente a invasão visigótica, e quanto Clermont-Ferrand foi tomada foi preso, mas logo recuperou o bispado.
GAIUS SUETONIUS TRANQUILLUS - 75 d.C. a 150 d.C. [+]
Origem e nascimento: 69 d.C.
Biografia: exerceu a função de secretario pessoal do imperador. Foi neste mesmo período que iniciou a sua grande obra, De vita Caesarum, vulgarmente conhecida como As Vidas dos Doze Césares. Nesta obra Suetonius dedica-se através de relatos anteriores a remontar a vida dos doze césares, de Julius Caesar até Domitianus. Ele se esforça, com o intuito de mostrar o rompimento que os criadores desse regime tiveram como Senado, Suetonius descreve os imperadores como tiranos e monstros e crueldade e corrupção, dividindo a vida desses em alguns pontos fixos: a família, o nascimento, a subida ao trono imperial, a atividade militar e legislativa, a educação literária, a vida moral e finalizando com a morte. O trabalho de Suetonius torna-se importante para a posteridade já que escritores como Dio Cassius utilizarão os relatos suetonianos para escrever sobre a vida dos imperadores do século III a diante.
Falecimento: 150 d.C.
GAIUS VALERIUS FLACCUS SETINUS BALBUS - por volta do século I d.C. a 91 d.C. [+]
Biografia: Foi um poeta latino. Sua obra Argonautica trata se de um épico dedicado a Vespasianus, em especial à esquadra na Inglaterra.
Falecimento: 91.
GALENUS - 129 d.C a 199 d.C. [+]

Origem e nascimento: Pergamum, 129 d.C.

Biografia: Galen nasceu em Pergamum no ao 129 d.C., tanto lá quanto outros centros acadêmicos do Egeu perseguiram seus estrudos sobre medicina antes que ele fosse indicado como médico de gladiadores em 157. Ficando insatisfeito com suas funções ele se mudou para Roma, onde logo ele ganhou reconhecimento como a principal autoridade médica de seu tempo. Ele permaneceu em Roma até sua morte no ano 199.
   O mérito de Galenus foi ter dado destaque para o melhor que havia nas escolas de medicina grega, as quais precederam seu tempo. Foi essencialmente na forma do Galenismo que a medicina grega foi transmitida para as eras posteriores.

HERODIAN - 180 a 250 [+]

Origem e nascimento: Alexandria em 180 d.C.

Biografia: Gramático grego, mudou se para Roma onde executou uma grande obra, " Prosódia Geral" que se trata de um estudo concentrado primariamente na acentuaçaõ das palavras, dedicado ao imperador Marcus Aurelius. Outra importante obra que sobreviveu ao tempo foi Phihetaerus.

JOSEPHUS - 37 d.C a 97 d.C [+]

Origem e nascimento: Jerusalém, ano 37 d.C.

Biografia:  Josephus, soldado, estadista, historiador, foi um judeu nascido em Jerusalém mais ou menos no ano 37 da nossa era. Quando ainda era jovem ele começou a estudar as leis judaicas, a literatura grega e foi um Fariseu. Após pleitear em Roma a causa de alguns padres judes ele retornou para jerusalém no ano 66 e tentou impedir uma revolta contra Roma, administrando os negócios da Galiléia para os Judeus. Nos problemas que se seguiram ele fez as pazes com Vespasiano. Presente quando Jerusalém foi sitiada por Titus, ele recebeu favores dos dois quando eram imperadores e de Domiciano. Ele ainda modificou o nome de sua família para Flavius. Ele morreu depois do ano 97.
   Como fonte histórica Josephus tem um valor inestimável. Seus trabalhos principais são: "História das Guerras Judaicas", dividida em sete livros , que vão de 170 a.C. até os dias comtemporâneos a ele, originalmente escritos em aramaico e depois traduzido para o grego por ele mesmo; e "Antiguidades Judias", escrito em vinte livros, que vai da criação do mundo até o ano 66 d.C.     

LIBANIUS - 314 d.C. 393 d.C [+]

Origem e nascimento: Antioquia, 314 d.C.

Biografia: Libanius (314-393d.C.) foi um dos últimos grandes publicistas e professores do paganismo Grego. A história de sua vida, como é apresentada em sua autobiografia, é complementada por informações obtidas em mais de 1500 artigos e 64 discursos. Nativo da Antioquia, ele começou sua carreira como professor em Constantinopla no ano 340. Logo ele teve que se retirar para Nicomédia, onde ele se familiarizou com São Basílio e se tornou influente no desenvolvimento do paganismo Juliano. Após uma segunda passagem por Constantinopla ele retornou para Antioquia no ano de 354 e passou o resto de sua vida lecionando.
   Como um sofista da Antioquia e grande adepto do sistema tradicional de educação Helenística, Libanius permaneceu deliberadamente alheio ao latim, e lamentou sua cerscente influência. Dono de um ponto de vista humanitário e simpatizante dos citadinos locais, ele criticava a opressão da administração central e a crueldade que era praticada em seu cotidiano. Pagão em uma crescente e agressiva sociedade cristã, ele se tornou uma voz influente contra as perseguições religiosas.

LONGINUS - ? [+]

Origem e nascimento:

Biografia:

LONGUS - Por volta do ano 200 d.C. [+]

Origem e nascimento: Origem desconhecida, viveu por volta do ano 200 d.C.

Biografia: Longus parece ter sido um sofista pagão que viveu por volta do ano 200 d.C.; ele nos é conhecido apenas por seu romance "Dáfnis e Cloé". A obra conta a história de dois enjeitados, que foram levados até a ilha de Lesbos por pastores e que gradualmente se apaixonam. De grande destaque entre os ramances escritos na antiguidade por sua caracterizações perceptivas, "Dáfnis e Cloé" mostra o desenvolvimento do amor entre os protagonistas, desde a inocência infantil até a completa maturidade sexual, os sucessivos estágios são marcados por aventuras. O cenário da natureza e da vida rural traz os próprios encantos para obra.

LUCIANUS - Século II d.C. [+]

Origem e nascimento: Samósata, viveu durante o século II d.C.

Biografia: Nascido em Samósata próximo ao Eufrates, Lucian fez viagens extensas por todo o Império Romano. Seus 80 trabalhos existentes nos demonstram a realidade intelectual do mundo no segundo século da nossa era.

LUCIUS ANNAEUS FLORUS - século II [+]
Origem e nascimento: século II d.C. na África
Biografia: residiu também na Hispania e em Roma durante o Principado de Adrianus. Sua mais importante obra foi Bellorum omnium annorum sptingentorm libri duo ou Epitome de Titus Livius. Esta obra trata de um levantamento histórico sobre Roma desde a sua fundação até o momento em que Octavianus assumiu o título de Augustus (27a.C.), divididos em dois livros. No primeiro livro Florus relata o período que se estende da origem da cidade até a última guerra externa que não influenciou nas guerras civis, a campanha de Crassus contra os partos, já o segundo livro corresponde ao período às guerras civis até o ano 27 a.C. Não só Titus Livius serviu de fonte para sua obra como também Caesar, Sallustius e Seneca, o velho, e o principal traço característico de sua historiografia é o tratamento do Estado romano como um corpo do qual se segue o nascimento, a maturidade, a doença e a velhice.
LUCIUS ANNAEUS SENECA (SÊNECA, O VELHO) - 55 a.C. a 40 d.C. [+]
Escritor de declamações nasceu em uma família equestre em Córdoba no ano 50 a.C. Sobre sua vida pouco sabemos. Ele certamente esteve em Roma quando era jovem após o seu casamento e seu conhecimento  sobre as escolas de retórica, isso implica  que ele gastou muito tempo na capital. O seu "História de Roma" se perdeu. Ele morreu por volta do ano 40 d.C após o falecimento de Tibério e antes do exílio do seu segundo filho.(Fonte The oxford classical dictionary).
LUCIUS FLAVIUS ARRIANUS - Século II [+]

Origem e nascimento: Século II

Biografia: Pouco se sabe sobre a origem e datação da obra e vida de Arrian. Sobre a sua obra destaca-se "Anabasis of Alexander", a melhor obra sobre a vida adulta de Alexandre, o Grande. Além disso essa obra possui uma descrição da Índia devido a invasão dos exércitos macedônicos.

LUCIUS FLAVIUS PHILOSTRATUS, O ATENIENSE - século III [+]

Origem e nascimento: século III

Biografia: Lucius Flavius Philostratus, o Ateniense, teve um distinta carreira local e de inflûencia na corte de Septimus Severus. Dentre suas obras podemos listar Vita Apollonio, Vita Sophitae, um diálogo dos heróis da Guerra de Tróia e seus cultos, um ensaio sobre as práticas de atletismo, e epístolas eróticas.

Falecimento: Morreu por volta de 249

LUCIUS IUNIUS MODERATUS COLUMELLA - por volta do ano 10 d.C. a 70 d.C. [+]
Nascido na cidade de Gadez(Cádiz) Espanha. Autor do mais sistemático tratado de agricultura escrito por volta do ano 60 d.C/65 d.C. Escreveu cerca de doze livros: 1) Disposição, da villa, organização do trabalho escravo, cultivo da terra arável, viticultura, e outras arboriculturas, pecuária, criação de aves de capoeira, peixes e abelhas. O outro livro que sobreviveu também chamado De Arboribus. (Fonte The oxford Classical Dictionary).
MARCUS ANNAEUS LUCANUS - 39 d.C. a 65 d.C. [+]

Origem e nascimento: 39 d.C. Córdoba
Biografia: Nascido no dia 3 de novembro de 39 d.C, foi levado para Roma com apenas sete meses de idade. Nascido de uma família provinciana e sem parentes que ostentassem alguma magistratura, Lucanus (Anais, XV, 49; XV, 56; XV, 57; XV, 70); XVI, 17 aproveitou todas as vantagens que a riqueza e as conexões poderiam dar. Seu pai, M. Annaeus Mela (Anais, XVI, 17) atingiu o grau de eqüestre, porém foi seu tio Lucius Annaeu Seneca que adquiriu grande importância ao ser indicado como tutor do jovem príncipe Nero. Recebeu a mesma educação dos jovens da classe governante de Roma. Educado em Atenas por Anneus Cornutus, estudou retórica, literatura e a filosofia estóica. Quando adquiriu o favor do imperador Nero, que era dois anos mais velho que Lucanus, recebeu por seus talentos poéticos e musicais um prêmio nos Neronia (60 d.C) por um poema que louvava o imperador. Foi honrado com o título de questor cinco antes da idade permitida. Foi autor do poema épico De Bello civile, ou Pharsalia, ambientado no contexto das guerras civis entre Julius Caesar e Pompeius. Considerado por Quintiliano como “ardente, arrebatado e notável em suas reflexões” (Institutio Oratoria X,1, 90) é desenhado como o modelo a ser seguido pelos oradores. Morreu acusado de participar da conspiração de C. Calpurnius Piso contra o imperador Nero, em 30 de Abril de 65 d.C.
Falecimento: 65 d.C. em Roma

Ygor Klain Belchior

MARCUS AURELIUS - 121 d.C. a 180 d.C. [+]

Origem e nascimento: Roma, 121 d.C.

Biografia: Imperador Romano e filósofo Estóico Marcus Aurelius, nasceu em Roma, recebeu treinamento de seu tio e tutor o Imperador Antoninus Pius (que reinou entre os anos 138 e 161 d.C.), que o adotou. Ele se converteu ao Estoicismo e a partir de então se tornou estudante e especialista em filosofia e nas leis. Um homem delicado, ele viveu em acordo e colaboração com Antoninus Pius. Ele se casou com a filha de Pius e o sucedeu como imperador em Março de 161, compartilhando algumas responsabilidades com Lucius Verus.
   O reinado de Marcus viu vários desastres como enchentes, terremotos, epidêmias, uma revolta ameaçadora (na Bretanha), a guerra contra os Partos, e pressões dos bárbaros vindos do norte dos alpes. A partir do ano 169 ele travou duras batalhas contra tribos germânicas como os Quados, Marcomanos, Vândalos e outros até atingir a vitória em 174. Em 175 (ano em que Faustina, sua esposa, morreu) ele pacificou a Asia após uma revolta. Novamente se iniciou uma guerra contra os germanos, durante a qual Marcus Aurelius adoeceu e morreu em março de 180.

MARCUS CORNELIUS FRONTO - 95 d.C. a 165 d.C. [+]
Origem e nascimento: Cirta, na África em 95
Biografia: Logo foi nomeado por Antoninus Pius como tutor de seus dois filhos adotivos: L. Verus e M. Aurelius, futuro imperador. O que nos restou de sua obra foram as cartas enviadas a seus dois pupilos e o Imperador Antoninus Pius, onde se encontra muitos aspectos da sociedade romana no século II, como a relação com seus pupilos, a vida aristocrática e alegrias e tristezas familiares. Fronto em meio as honras e a fama vislumbrada acredita estar investido de uma importante missão: ressuscitar através das cartas a grandeza de Roma.
Falecimento: 165
MARCUS FABIUS QUINTILIANUS - 40 d.C. a meados de 90 d.C. [+]
Origem e nascimento: 40 d.C. em Calagúrris
Biografia: Foi um importante retórico durante o período da dinastia dos Flávios. Dentre suas obras destaca-se a Instutio um tratado de pedagogia para a antiguidade, muito interessante para filólogos, como vários juízos sobre gregos e romanos. Outra obra de destaque é Dialogus de oratoribus que oferecia conselhos aos indivíduos destinados à oratória cativando-os e motivando-os.
MARCUS MANILIUS - século I d.C. [+]
Biografia: O que se pode afirmar acerca a vida de Manilius é que através de sua obra Astronomica, que teria sido escrita entre os principados de Augustus e Tiberius. Sua obra corresponde a uma série de poemas didáticos divididos em cinco livros possuindo detalhes sobre fenômenos celestiais, geografia zodiacal, horóscopo e outros assuntos técnicos. O que se pode observar em sua obra é que Manilius encarna o espírito da época, que já prevêem a derrocada de Roma, e, no entanto tenta no estudo dos astros achar um remédio para essa amargura com a esperança de predizer os acontecimentos.
MARCUS MINUCIUS FELIX - Século II ao início do Século III [+]
Origem e nascimento: século II d.C. na África
Biografia: Teria composto sua obra, Octavius, entre os finais do século II e início do século III. Trata-se de um debate religioso com o amigo Octavius Ianuarius, e com isso mostra muito do universo religioso em Roma nesse período.
MARCUS TULLIUS CICERO - 106 a.C. a 43 a.C. [+]
Nascimento e origem: 106 a.C., em Arpinum.
Biografia: Filho de um importante equestre, Cicero teve uma grande carreira política. Em 75 foi eleito questor depois de ter servido por um ano na parte ocidental da Sicília, e em 66 foi eleito pretor. Em 63 a.C. foi eleito cônsul. Em 58 foi exilado para a Macedônia, retornando em 57 a.C. Em 51 a.C. exerceu o proconsulado da Cilicia. Possui grande habilidade em retórica, e compôs uma série de tratados políticos e filosóficos. Ganhou a inimizade do general Marco Antônio, que em 43 a.C. ordenou que seus soldados o matassem.
Falecimento: 43 a.C.
MARCUS VALERIUS MARTIALIS - 40 d.C. a 97 d.C. [+]
Origem e nascimento: 40 d.C. na Hispania Tarraconense
Biografia: Por volta do ano 64  Martialis vai para Roma com o intuito de conseguir prestígio e as honras da corte em Roma. No entanto sua primeira coletânea de epigramas só ganhou visibilidade no ano de 80. As epigramas destinadas à exaltação do Anfiteatro Flavius (Coliseo). Martialis ganhou algumas honrarias de Domitianus, mas permaneceu no anonimato.
Falecimento: 97 d.C. na Hispania Tarraconense
MARCUS VITRUVIUS POLLIO - século I a.C. [+]
Origem e nascimento: Roma, século I a.C.

Biografia: Arquiteto romano, trabalhou ao lado de Jiulius Caesar e Augustus na reconstrução da acpital do Império. Porém a única obra que se tem certeza ser de sua autoria é a basílica de Fanum.
MUSAEUS - Século V [+]

Origem e nascimento: Desconhecidos

Biografia: Não existem muitas informações sobre o poeta Musaeus, autor de um curto poema épico chamado "O Herói e Leandro", exceto que ele é intitulado em alguns manuscritos como Grammatikos, um professor de retórica, poesia, e na filosofia de seu tempo. Ele obviamente era um seguidor do poeta egípcio Nonnus de Panopolis, do quinto século da era cristã, e sua poesia parece pressupor também a Paráfrase dos Salmos de Pseudo-Apollinarius o qual pode ser datado no período que vai dos anos de 460 a 470 da nossa era.
   Entre a literatura antecedente que é expressamente destacada por Grammatikos, as obras que mais se destacam são os livros 5 e 6 da Odisséia e Phaedrus de Platão. Ele escreve também sobre os Hinos de Proclus e a Metáfrase do Evangelho de São João de Nonnus. Ele era provavelmente um Neoplatonista cristão escrevendo uma alegoria cristã.

NONNUS - Século V [+]

Origem e nascimento: Panopolis (Egito) em 48

Biografia: Poeta épico de língua grega. Autor do épico Dionysiaca, dividida em 48 livros. A estrutura e a linguagem tem uma fechada afinidade entre os últimos grandes poemas e os primeiros.

OCTAVIANUS AUGUSTUS - 63 a.C. a 14 d.C. [+]
Origem e nascimento: 63 a.C. em Roma
Biografia: Teve uma ascensão política espantosa aos dezenove anos, tornando-se o primeiro imperador de Roma em 31 a.C. De sua obra, a única que nos chega sem grandes lacunas é Res Gestae, um tratado político e legislativo para regime que se instaurava em Roma.
Falecimento: 14 d.C. em Roma
ONASANDROS - Século I d.C. [+]

Origem e nascimento: Origem desconhecida, viveu durante o século I d.C.

Biografia: Onasandros, foi um filósofo platônico que dedicou seu trabalho "O General" para o romano Veranius, que foi cônsul no ano 49 d.C. A sua obra trata de qualidades e atitudes que envolvem os planos da moral, da sociedade e do militarismo, tudo o que é esperado de um general virtuoso e bem sucessido. Também está relacionado com assuntos de interesses para a formação militar como a escolha de pessoal; atitude para guerrear; deveres religiosos; a própria formação militar; conduta em terras aliadas e inimigas; acampamentos; espionagem; desertores; formações e monabras de batalha; e outras noções militares, terminando com a conduta após a vitória.

OPPIANUS - Século II d.C. [+]

Origem e nascimento: Cilícia, viveu durante o século II d.C.

Biografia: Oppianus da Cilícia floresceu na segunda metade do século II, e dedicou seu poema "Pescando" para Antoninus, presume-se que seja Marcus Aurelius. Trata dos hábitos e das caracteristicas da pesca, tanto como as instruções para se pescar: se não for precisamente poético, contém muitas informações curiosas. "A Perseguição", dedicada a Caracalla, é uma composição inferior e talvez seja um trabalho de um imitador Sírio. O primeiro livro traz uma avaliação do cavalo do caçador e de seus cães de caça, os outro três são voltados para a caçã de animais selvagens, do leão a lebre.

PAUSANIAS - século II d.C. [+]

Origem e nascimento: Magnésia (Ásia Menor), no século II

Biografia: Cronista grego, narrou sua viagens no "Guia para a Grécia", escrito em 170. Essa obra foi divida em 10 livros. O tema de sua obra é limitado à província romana da Achaea e o autor narra desde momumentos persentes nessa região como também costumes, religião e mitos.

PHILO - Século I [+]

Origem e nascimento: Alexandria, ano 20 a.C.

Biografia:  O filósofo Philo nasceu mais ou menos no ano 20 antes de Cristo em uma proeminente família judaica em Alexandria, a principal centro da Diaspora Judaica e também o principal centro da cultura helenística; ele estudou grego tanto quanto os ensinamentos judaicos. Em uma tentativa de reconciliar os ensinos bíblicos com a filosofia grega, ele desenvolveu idéias que tiveram uma grande influência no pensamento religioso cristão e judeu. 

PHILOSTRATUS, O LEMNIAN - ? [+]

Origem e nascimento: ?

Biografia: Mencionado por L. Flavius Philostratus, Philostratus, o Lemnian. Era provavelmente bisneto e genro deste primeiro Philostratus. Dão a autoria conjunta de um ensaio sobre descrição a pinturas a esses dois autores. E da obra Nepos.

PLOTINUS - 204 ou 205 d.C. a 270 d.C. [+]

Origem e nascimento: Nasceu no ano 204 ou 205 da era cristã

Biografia: Plotinus foi o primeiro e o maior filósofo neoplatônico. Suas ecrituras foram editadas pelo seu discípulo Porphyry, que as publicou muitos anos depois de sua morte. Plotinus considerava que Platão era seu mestre, e sua própria filosofia é um
profundo desenvolvimento original do Platonismo dos primeiros dois séculos da era cristã, é também uma relação de aproximação do pensamento Neopitagórico com algumas influências de Aristóteles e seus seguidores assim como os Estóicos. Seu pensamento dominou a filosofia grega e influênciou tanto os cristãos quanto os muçulmanos, e continua vivo até hoje por causa da união entre a racionalidade e uma intensa expereiência religiosa.

PLUTARCHUS - 45 d.C. a 120 d.C. [+]

Origem e nascimento: Chaeronea, em 50.

Biografia:  Prosador de língua grega, tinha poderosos amigos em Roma. EScreveu cerca de 200 livros, sendo os amis conhnecidos 78 de sua obra "Moralia" e 50 biografias.


Falecimento:
120 d.C. em Delphi.

PROCOPIUS - Final do século V a século VI [+]

Origem e nascimento: Cesaréia, final dos século V

Biografia: Tornou se advogado, e em 527 foi feito secretário e conselheiro de Belisarius, comandante contra os persas. De novo em 533 atuou ao lado do mesmo comandante na capanha contra os vândalos e em 535 contra os ostrogodos. Em 540 retornou a Constantinopla, onde pode ter se tornado prefeito da cidade em 562, mas não pode se ter certeza desse fato pois algumas fontes datam sua morte em 558.

PTOLEMY - 100 d.C. a 178 d.C. [+]

Origem e nascimento: Ptolemais (Egito) em 100 d.C.

Biografia: Astrônomo, geografo e matemático egípcio, liveu em Alexandria onde foi superintendente do Museum.

PUBLIOS CORNELIUS TACITUS - 55 d.C. a 117 d.C. [+]
Origem e nascimento: 56 d.C. em Terni
Biografia: Foi um eminente político durante a dinastia dos Flavius. Foi questor em 81 e procurador da Gália Belgica. Dentro a sua obra se destaca Agricola, destacando a vida e obra de seu sogro, escrito de 97 a 98, Germania contando sobre, geografia, a vida, instituição e cultura dos germânicos enquanto Tacitus foi procurador da Germania Belgica, Dialogus sobre a decadência da oratória no seu tempo, Historaes que conta o período das guerras civis após a morte de Nero e os principados dos integrantes da Dinastia Flaviana, mas nos restaram somente o os I a IV e o início do V, e Annales relatando os principados dos imperadores Tiberius, Caius, Claudius e Nero, no entanto perderam-se os livros correspondentes ao principado de Gaius e o início do principado claudiano. Assim como Suetonius, Tacitus tornou-se uma importante fonte para os historiadores do século III em diante montarem a história do século I, principalmente porque ele relata eventos externos à corte imperial, tais como guerras, tragédias naturais, e conspirações contra imperadores.
Falecimento: 117 d.C. em Terni
PUBLIUS OVIDIUS NASO - 43 a.C. a 17 d.C. [+]
Origem e nascimento: 43 a.C. em Sulmona
Biografia: estudou retórica em Roma, e se tornou um importante homem público. Porém durante o principado de Augustus, foi ordenado por esse a se recolher no exílio em Tomis, no Ponto, supostamente por ter ofendido o imperador em uma de suas obras. Ovidius está para a poesia assim como Cicero está para a prosa, exibindo um estilo de elegância afastando se dos modelos já existente em sua época. Sua escrita era viva e lúcida.
PUBLIUS PAPINIUS STATIUS - 50 d.C. a finais dos anos 90 d.C. [+]
Origem e nascimento: 50 d.C. em Nápoles
Biografia: Tem uma poesia que segue a metria grega, influência recebida do pai, um professor de retórica. Sua obra foi escrita entre 89 e 96, intitulada de Silvae. Através desses poemas temos uma clara imagem da Roma nos tempos de Domitianus. Seus poemas nos trazem o papel do imperador de e o círculo imperial.
QUINTO CÚRCIO (QUINTUS CURTIUS RUFUS) - século I [+]

A Quinto Cúrcio Rufo é atribuída a obra Historiae Alexandri Magni, cuja datação é bastante controversa, uma vez que os dois primeiros livros (de um total de dez) estão perdidos (há lacunas, ainda, no final do livro V, no começo do livro VI e em parte do livro X). A historiografia propõe diferentes períodos, todos eles baseados nos mesmos indícios, inferidos a partir do próprio texto que restou (especialmente a passagem X 9, 1-6). A maior parte dos estudiosos da obra curciana, no entanto, data a história de Alexandre entre a morte de Calígula e o início do governo de Cláudio (cerca de 41 d.C.).
Há apenas três indivíduos com o praenomen “Quintus” e/ou o cognomen “Curtius” que poderiam ter vivido no período imperial: um mencionado por Cícero (em Ad Quintum fratem III, 2), que lhe faz alguns elogios e nada mais; outro que aparece em Tácito (em Anais XI, 20-21) e em Plínio, o Jovem (Cartas VII, 27,2), personagem que terminou seu cursus honorum como procônsul da África; e um terceiro, que aparece na lista de retores de Suetônio (no “Index” ao De Rhetoribus) e sobre o qual não há quaisquer outras informações. A historiografia inclina-se para os dois últimos.

Marilena Vizentin

QUINTUS SEPTIMUS FLORENS TERTULLIANUS - 160 d.C. a 222 d.C. [+]
Origem e nascimento: 160 d.C. em Cartago
Biografia: Estudou medicina, grego, literatura romana e filosofia. Foi para Roma e se converteu para o cristianismo tornando-se um militante. Suas obras Apologeticus e De Spectaculis são obras que lutam contra as heresias.
QUINTUS SMYRNAEUS - Século IV [+]

Origem e nascimento: Smyrna, século III

Biografia: Escreveu um poema épico, Posthomerica, que tinha por objetivo preencher a lacuna entre a Ilíada e a Odisséia de Homero.

SÊNECA (LUCIUS ANNAEUS SENECA) - por volta do ano 4 a.C. a 65 d.C. [+]

Lúcio Aneu Sêneca nasceu em Córdoba, na então província da Bética, Espanha, em data ainda em discussão (varia entre 4 a.C. e 2 d.C.). Essa imprecisão com relação à data de seu nascimento, à primeira vista sem maiores conseqüências, acabará, entretanto, prejudicando o estabelecimento da cronologia de suas obras e levando a uma indefinição dos temas e objetivos de determinados textos.
Ainda criança, juntamente com seus irmãos Novato e Mela, foi levado para Roma por seu pai Sêneca, o Retórico e por sua tia. Lá, foi iniciado por Sotião nos estudos da retórica e da filosofia, interessando-se pelas questões naturais. Participaram ainda de sua formação Átalo e Papírio Fabiano, estóicos ecléticos. Sua precária saúde, no entanto, levou-o a uma estadia no Egito que durou até aproximadamente 31, quando retornou a Roma. Durante sua permanência em solo egípcio, Sêneca estabeleceu ligações com o filósofo estóico Queremão e também com Filão de Alexandria. De volta a Roma, iniciou seu cursus honorum um pouco mais tarde do que o comum, tendo se tornado questor por volta de 34 ou 35, quando suas qualidades de orador começaram a despontar. Posteriormente (38 ou 39), alcançou outra magistratura, provavelmente o tribunado da plebe. Sob Calígula, quase foi sentenciado à morte e, em 41, foi condenado ao exílio na Córsega por Cláudio em função das intrigas de Messalina.
É somente em 49, quando Agripina se torna esposa de Cláudio, que Sêneca se transfere novamente para Roma como pretor designado, recebendo a tarefa de atuar como preceptor de Nero, filho de Agripina e futuro Imperador. Com a morte de Cláudio em 54, Sêneca, além da responsabilidade de formação que tinha para com o novo governante, desempenha também papel proeminente no Estado como senador e, durante algum tempo, como cônsul designado. Sob o governo de Nero se manteve como amicus princepis, até se retirar da vida pública, em 62.
Implicado na conjuração de Pisão em 65, Sêneca é instigado ao suicídio, falecendo em 19 de abril.
Marilena Vizentin

SEXTUS AURELIUS VICTOR - século IV [+]
Nascimento e origem: século IV d.C., na África
Biografia: Aurelius Victor foi governador da Panonia em 361 e tornou-se prefeito de Roma em 389. Provavelmente em 360 publicou sua obra De Caesaribus.
SEXTUS EMPIRICUS - 160d.C. a 210 d.C. [+]

Origem e nascimento: Nasceu no ano 160 da era Cristã

Biografia:  Sextus Empiricus, expoente do Cepticismo e crítico do Dogmatismo, foi um médico e filósofo grego, pupilo e sucessor do médico e céptico Herodotus(não o historiador) de Tarsus. Ele provavelmente viveu vários anos em Roma e possivelmente também em Alexandria e em Atenas.

SEXTUS IULIUS FRONTINUS - 30 d.C a 104 d.C. [+]
Origem e nascimento: 30 d.C. em Roma
BIografia: Foi capacitado tanto como oficial civil quanto no comando militar. Exerceu o consulado por três vezes e em 76 foi comandante das tropas romanas na Inglaterra. Chegaram até nós duas obras de sua autoria: Stratagemata, um tratado militar com estratégias de militares gregos e romanos, e De aquae ductu urbis Romae, escrito durante o tempo em que exerceu o cargo de curator aquarum, no principado de Nerva, com informações sobre os aquedutos que distribuíam a água em Roma.
Falecimento: 104 d.C. provavelmente em Roma.
TIBERIUS CATIUS ASCONIUS SILIUS ITALICUS - 25 d.C. a 101 d.C. [+]
Origem e nascimento: 25 d.C. na Itália
Biografia: Durante o período dos 4 imperadores (68 a 70 d.C.) assumiu algumas funções públicas como cônsul e procurador na Ásia logo depois. Após esse período se retirou da vida pública onde iniciou em 88 a escrita da epopéia poética Punica. Com base nos relatos de Titus Livius, Silius escreve sobre a II Guerra Púnica destacando a figura de dos heróis Scipio, protegido pela deusa Vênus, e Hannibal, protegido de Juno.
TITUS LIVIUS - 59 a.C. ao século I d.C. [+]
Origem e nascimento: em 59 a.C. em Patavium (Pádua)
Biografia: Foi um dos mais ilustres historiadores da Roma Imperial. Com sua obra Historiae iniciada provavelmente em entre os anos de 27 e 25 a.C., Titus Livius procura isolar-se e esquecer dos males que lhe apresentam no presente. Seu estilo historiográfico se inspira em Cicero seguindo rigorosamente o critério analítico, assim pausando seu relato de uma campanha para se referir a outra que acontecem simultaneamente, sonhos dos envolvidos nas campanhas, cálculo das forças militares, dos despojos e perdas, menção de honras, e celebração religiosas e consagração dos templos. Da sua obra que abordava desde a fundação de Roma até provavelmente o tempo próximo de sua morte muito se perdeu desse tempo mais próximo ao historiador.
Falecimento:
em Patavium (Pádua)
TRYPHIODORUS - ? [+]

Origem e nascimento:

Biografia: Foi um poeta épico do egito, escreveu durante a segunda metade do século quinto da era cristã sofrendo influências de Nonnus.

VALERIUS BABRIUS - 90 a 180 [+]
Biografia: Foi um poeta de língua grega com obras carregadas de estilo poético latino. 
VALERIUS MAXIMUS - finais do século I a.C. a meados do século I d.C. [+]
Biografia: A obra de Valerius Maximus nos torna importante devido ao fato de que para escrever as biografias ele reúne uma série de fatos históricos singulares para comentar os descrever uma instituição, um costume ou para construir um exemplo virtuoso.
VELLEIUS PATERCULUS - 19 a.C. a 31 d.C. [+]
Origem e nascimento: 19 a.C. na Campânia
Biografia: Sua obra intulada de Historia Romana, provavelmente publicada em 29 d.C. e teria sido divida em dois livros. O primeiro livro, que correspondia ao intervalo entre a guerra de Tróia e o ano de 146 a.C. (a destruição de Cartago), se perdeu quase por completo e o segundo livro se referia aos relatos dos tempos que se estendem de César a Tibério.